SINDIBOMBEIROS
São Paulo, Sábado, 19 de setembro de 2020
SindiBombeiros SindiBombeiros
 
O Sindicato

Convenções

Serviços

Legislação

Galeria de Fotos

Subsedes

Profissão de bombeiro civil cresce 500%
publicada em 15/06/2020 11:45:27

 

Bombeiro civil está entre as profissões que mais cresceram na pandemia 

 

A pandemia desestabilizou inúmeros setores da economia, mas também impulsionou o crescimento de outras áreas, que passaram a contratar em vez de demitir. Pesquisa feita pela Catho mostrou as profissões que mais cresceram no Brasil nesse período. Enfermeiro de UTI, técnico de enfermagem e auxiliar de loja são as primeiras do ranking. Em quarto lugar está a profissão de bombeiro civil, com um aumento de 500%, incluído no segmento de prestador de serviços. 

 

De acordo com o delegado regional do Sindibombeiros do estado de São Paulo, Levi Fernandes Gomes, o número de bombeiros civis formados na região de Rio Preto está entre 1,5 mil e 2 mil profissionais. "A média dos que estão em atividade na região é de 300 a 350, distribuídos em vários segmentos, como aeroportos, indústrias, shoppings, usinas de açúcar e álcool, faculdades, clubes, entre outros", diz. 

 

A profissão de bombeiro civil é regulamentada por lei federal e decreto estadual. Para se tornar um profissional dessa área, é exigido que o candidato tenha ensino fundamental completo e idade mínima de 18 anos. Não há idade máxima. Segundo o proprietário, coordenador e instrutor da escola de bombeiro civil Fire Action, Antônio Roberto Mota, a formação precisa ser feita em uma escola credenciada pelo Corpo de Bombeiros do estado de São Paulo, seguindo as normas vigentes. 

 

Essas normas determinam que o curso tenha, no mínimo, 210 horas-aula. O valor é determinado pela escola, por isso há variação. Mota complementa dizendo que, em sua escola, o curso tem um investimento de R$ 2,1 mil, mais R$ 250 de treinamento prático, que é feito em um centro de treinamento próprio. 

 

O bombeiro civil Rafael Valadão Rocha trabalha na área há quase 11 anos e conta que a profissão é importante para a sociedade, pois as empresas que têm esse profissional podem fazer o primeiro atendimento e, assim, socorrer com rapidez e prontidão. 

 

Rafael explica que, a princípio, a função foi criada para a prevenção e combate a incêndios. No entanto, com o passar do tempo esse profissional passou a incorporar outras obrigações a sua rotina, como segurança do trabalho, primeiros socorros e orientações de biossegurança, trabalho que está sendo feito hoje, especialmente em função da pandemia. "Pelo que a gente vem desenvolvendo no estado de São Paulo, já tem até uma proposta no congresso para que essas atribuições passem a ser prerrogativas da categoria", explica. 

 

Segundo o diretor e instrutor da Academia Fênix, centro de formação de bombeiro civil da cidade de Olímpia, Antônio Alfredo Cintra Júnior, houve um aumento na procura para fazer o curso, justamente por se tratar de município turístico, onde havia grande demanda de empregos nos clubes aquáticos, que precisam desse profissional. "Nós temos dois grandes clubes em Olímpia, então o pessoal já saia do curso praticamente empregado", conta. Ele ainda complementa dizendo que, devido à pandemia, as aulas estão suspensas. "Nossas turmas estão paradas. Quem procura pelo curso, estamos fazendo as inscrições e pedindo para aguardar", conta. 

 

Para as pessoas que estão procurando emprego e uma possível nova profissão, Rafael recomenda seguir nessa área. "É uma área que está crescendo, pois está tendo demanda pela profissão, não só agora na pandemia", diz o bombeiro civil. 

 

Áreas que tiveram aumento de vagas durante a pandemia 

  • Enfermeiro de UTI - 718% 

  • Técnico de enfermagem - 708% 

  • Auxiliar de loja - 691% 

  • Bombeiro civil - 500% 

  • Enfermeiro - 397% 

  • Operador de caixa - 210% 

  • Repositor - 203% 

  • Encarregado de limpeza - 71% 

  • Auxiliar de farmácia - 70% 

  • Motorista - 62% 

 

Fonte: Diário da Região - São José do Rio Preto 

(Colaborou Beatriz Moreira) 

 

 

 

 


Acesse outras Noticias


msxml3.dll error '80070005'

Access is denied.

/hotsite/includes/leitor_rss.asp, line 79